Tour da Croácia, Montenegro e Albânia | 11 dias

1º dia | Split

Transfer do aeroporto no horário de chegada do voo a ser confirmado.

13h00 – 16h00 Tempo livre para almoço

​​

16h00 – 18h00 Passeio guiado por guia local em Split

 

A segunda maior cidade da Croácia, Split (Spalato em italiano) é um ótimo lugar para ver a vida dálmata como ela realmente é vivida. Sempre animada, esta cidade exuberante tem o equilíbrio certo entre tradição e modernidade. Entre no Palácio de Diocleciano (um Patrimônio da Humanidade da Unesco e um dos monumentos romanos mais impressionantes do mundo) e você verá dezenas de bares, restaurantes e lojas que prosperam em meio às antigas muralhas, nas quais a vida acontece em Split há milhares de anos.

18h00 Resto do dia livre. Fim das atividades com o guia

2º dia | Trogir

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel

 

09h00 – 09h30 Viagem para Trogir

09h30 – 12h30 Passeio por Trogir​
 

A encantadora Trogir fica dentro de uma muralha medieval numa pequena ilha ligada por pontes para o continente e para a Ilha de Čiovo, que é muito maior. Nas noites de verão, todos gravitam em torno do largo calçadão à beira-mar, repleto de bares, cafés e iates, deixando as ruas de mármore brilhando misteriosamente sob as luzes da rua à moda antiga. A cidade velha manteve muitos edifícios intactos desde seus tempos de glória entre os séculos XIII e XV. Em 1997, sua abundante coleção de edifícios românicos e renascentistas conquistou o status de Patrimônio Mundial da Humanidade.


12h30 – 14h30 Tempo livre para almoço


14h30 – 15h00 Viagem de volta para Split

15h00 Resto do dia livre para explorar Split

3º dia | Pelješac

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel e check-out;
 

09h00 – 12h00 Viagem de carro até Peljesac

 

12h00 – 14h00 Visita e degustação de vinhos em vinícola local

A Península de Pelješac é conhecida como região produtora de excelentes vinhos desde a Grécia Antiga, sendo os vinhos mais famosos o Dingač e o Postup (feitos da uva Plavac Mali, endêmica da região). As uvas são cultivadas em condições extremas em morros íngremes, entre a montanha e o mar, fazendo com que recebam a chamada "tripla insolação" - primeiro, diretamente do sol; segundo, dos raios solares refletidos do mar; terceiro, dos raios solares refletidos das rochas brancas da montanha. Por isso, dizem que o Dingač é um vinho do sol e da pedra, com fortes e concentrados aromas de frutas.

14h00 – 16h00 Tempo livre para almoço em Peljesac

​​

16h00 – 17h30 Viagem para Dubrovnik

 

17h30 Resto do dia livre. Fim das atividades com o guia

4º dia | Dubrovnik

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel

09h30 – 12h30 Passeio guiado por guia local em Dubrovnik

Dubrovnik é uma cidade costeira da Croácia localizada no extremo sul da Dalmácia, na ponta do istmo do mesmo nome. É um dos destinos turísticos mais concorridos do Mar Adriático, um porto marítimo e a cidade mais importante do condado de Dubrovnik-Neretva. Pela sua beleza natural e urbanística, e pelo que representa para a história, Dubrovnik é conhecida como "a pérola do Adriático" e "Atenas eslava", devido aos seus antigos habitantes a distinguirem como única numa região onde imperava a barbárie e por nela terem proliferado grandes figuras das humanidades e das artes.

12h30 – 14h30 Tempo livre para almoço

14h30 – 18h00 Subida de teleférico ao mirante mais lindo de Dubrovnik. Tempo para curtir o visual e tomar um café. Atividades alternativas: visitar a fortaleza de Lovrijenac ou a Ilha de Lokrum.

18h00 Resto do dia livre. Fim das atividades com o guia

5º dia | Budva

08h00 – 09h00 Café da manhã e check out

09h00 – 12h00 Viagem a Budva​

12h00 – 15h00 Tempo livre para almoço, check-in no hotel e breve descanso

15h00 – 18h00 Passeio guiado por guia local em Budva

​​

Budva, é uma cidade montenegrina no Mar Adriático com cerca de 14.000 habitantes. Budva tem 2.500 anos, o que a torna um dos assentamentos mais antigos da costa adriática. Desenvolveu-se em torno de uma pequena península, na qual se situa a cidade velha. É, de longe, o destino mais visitado de Montenegro, atraindo principalmente turistas montenegrinos, russos, sérvios e outros europeus da Europa Oriental. Há até 35 praias na área de Budva, principalmente de rocha e algumas com areia.

​​​

18h00 Fim das atividades com o guia

6º dia | Kotor

08h00 – 09h00 Café da manhã

09h00 – 09h30 Viagem para Kotor

09h30 – 12h00 Passeio guiado por guia local em Kotor

Localizada ao longo de uma das baías mais bonitas do mundo está Kotor, uma cidade de comerciantes e marinheiros famosos, com muitas histórias a contar. A Cidade Velha de Kotor é uma urbanização bem conservada típica da Idade Média, construída entre os séculos XII e XIV. A arquitetura medieval e os inúmeros monumentos do patrimônio cultural tornaram Kotor um "Patrimônio Mundial e Histórico Mundial" da UNESCO. Através de toda a cidade, os edifícios são atravessados ​​por ruas estreitas e praças. Numa dessas praças fica a Catedral de São Trifone (Sveti Trifun), um monumento da cultura romana e um dos símbolos mais reconhecíveis da cidade.

12h00 – 16h00 Tempo livre para almoçar e explorar Kotor

16h00 – 17h00 Passeio de barco até a ilha da Nossa Senhora das Pedras

Neste confortável passeio de barco, você desfrutaremos de vistas panorâmicas da Baía de Kotor até a ilha da Nossa Senhora das Pedras, um dos locais mais importantes da baía. Trata-se de uma ilha artificial feita no século XV como um monumento aos marinheiros de Perast. Embaixo dela há 196 náufragos afundados por pessoas de Perast enquanto defendiam Kotor do Império Veneziano e Otomano. Com sua história incrível e vistas espetaculares, temos certeza de que este é um dos pontos que você lembrará por muito tempo. 

17h00 – 17h30 Retorno a Budva

17h30 Fim das atividades com o guia

7º dia | Kruja

07h00 – 08h00 Café da manhã no hotel

08h00 – 12h00 Viagem para Kruja

12h00 – 14h00 Visita ao Castelo de Kruja, Bazar e Museu Skanderbeg

O Museu Skanderbeg em Kruja homenageia Gjergj Kastrioti Skënderbei (1405-1468), o herói nacional da Albânia. O museu está localizado no castelo de Kruja e no bazar restaurado. A cidadela inclui uma casa restaurada da era otomana que agora é o Museu Etnográfico. O castelo de Kruja, que abriga o museu, é uma cidadela histórica. As tropas otomanas atacaram três vezes, em 1450, 1466 e 1467, mas não assumiram o controle. Foi essa fortaleza que ajudou George Kastrioti Skanderbeg a defender a Albânia da invasão otomana por mais de duas décadas.

14h00 – 15h30 Tempo livre para almoço
15h30 – 16h30 Transfer para Tirana
16h30 Chegada em
 Tirana, check-in no hotel e tempo livre

8º dia | Tirana

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel
09h00 – 11h30 Passeio guiado por guia local em Tirana


A Albânia passou a maioria dos últimos 60 anos sob um ditador rigoroso e isolacionista, Enver Hoxha. Após sua morte, o país avançou para um modelo econômico de mercado livre, com resultados mistos. Atualmente, Tirana é onde a antiga e nova Albânia se encontram. As ruas não pavimentadas dão passagem para novos Land Rovers, os jovens com iPhones esbarram com vendedores ambulantes vendendo todo tipo de coisa e as brilhantes torres de vidro dão de cara com projetos de construção abandonados. Os viajantes geralmente acham Tirana uma cidade bonita e charmosa, onde sentimentos cosmopolitas e de pequenas cidades estão entrelaçados com uma vida noturna animada.
 

11h30 – 13h30 Visita ao museu Bunk Art 


Esta fantástica transformação - de um enorme bunker da Guerra Fria nos arredores de Tirana a um museu de história e arte contemporânea - é a nova atração mais sensacional da Albânia e facilmente um destaque de Tirana. Com quase 3.000 metros quadrados de espaço subterrâneo espalhados por vários andares, o bunker foi construído para a elite política da Albânia na década de 1970 e permaneceu um segredo durante grande parte de sua existência. Agora hospeda exposições que combinam a história moderna da Albânia com peças de arte contemporânea.


13h30 – 16h30 Subida de teleférico à montanha Dajti e almoço


Dajti é uma montanha a leste da cidade de Tirana, onde também fica o Parque Nacional Dajti, cujo pico mais alto fica a 1.613 metros acima do nível do mar. Vamos pegar o teleférico mais longo dos Balcãs (com 4,7 quilômetros de extensão) até (quase) o topo da Montanha Dajti e desfrutar de vistas fantásticas!


16h30 – 17h00 Retorno ao hotel em Tirana. Resto do dia livre.

9º dia | Gjirokastra e o Olho Azul

07h00 – 08h00 Café da manhã no hotel e check out.

08h00 – 12h00 Viagem para Gjirokastra
12
h00 – 14h00 Tempo para explorar Gjirokastra e visitar a fortaleza

Definida por seu castelo, ruas de calcário e xisto, imponentes casas com telhas de ardósia e vistas para o vale do Drina, Gjirokastra é uma cidade montanhosa mágica descrita lindamente pelo autor mais famoso da Albânia, Ismail Kadare (n 1936), em Chronicle in Stone. Há assentamentos aqui há 2.500 anos, embora atualmente sejam 600 casas "monumentais" da era otomana na cidade que atraem visitantes. Para os albaneses, a cidade também é sinônimo do ex-ditador Enver Hoxha, que nasceu aqui e garantiu que a cidade permanecesse relativamente bem preservada sob seu governo, embora ele não seja comemorado de nenhuma maneira aqui hoje.

14h00 – 16h00 Tempo livre para almoço

16h00 – 16h45 Viagem para o Olho Azul

16h45 – 18h00 Visita ao Olho Azul

Talvez o local mais deslumbrante da Albânia, o Olho Azul (Blue Eye) está localizado a cerca de 30 minutos de carro da cidade costeira de Saranda, na estrada para Gjirokastra. Certamente, o fator surpresa contribui para a beleza de toda a experiência. O Olho Azul é uma fonte d'água e um fenômeno natural que ocorre perto de Muzinë, no condado de Vlorë, na Albânia. Uma atração turística sem igual, a água azul clara do rio borbulha numa impressionante piscina com mais de 50 metros de profundidade. Mergulhadores desceram para cinquenta metros, mas ainda não está claro qual é a profundidade real do buraco cársico.

18h00 – 18h30 Viagem a Saranda

Saranda é a capital não oficial da Riviera Albanesa e, nos meses de verão, parece que metade de Tirana se muda para cá para curtir a praia movimentada e a vida noturna mais movimentada ao longo de seu passeio marítimo cheio de multidões. O que antes era uma vila de pescadores sonolenta agora é uma cidade próspera e, embora Saranda tenha perdido muito de sua singularidade nas últimas duas décadas, ela reteve grande parte de seu carisma.

.

18h30 Chegada em Saranda, check-in no hotel e tempo livre.

Fim das atividades com o guia.

10º dia | Butrint

07h00 – 08h30 Café da manhã no hotel e check-out

08h30 – 09h00 Viagem para Butrint

09h00 – 11h00 Visita a Butrint

Butrint é considerado um dos sítios arqueológicos mais importantes da Albânia. Devido à sua imensa riqueza cultural e histórica, Butrint foi declarado Patrimônio Mundial da UNESCO em 1992 e também Parque Nacional em 2000. Era uma antiga cidade grega e mais tarde romana. Habitado desde os tempos pré-históricos, Buthrotum era uma cidade da tribo grega dos chaonianos, mais tarde uma colônia romana e um bispado. Ele entrou em declínio na Antiguidade Tardia, antes de ser abandonado durante a Idade Média, após um grande terremoto inundar a maior parte da cidade.

11h00 – 12h00 Tempo livre para explorar a cidade de Ksamil

12h00 – 14h00 Visita e almoço em fazenda de mexilhões

Neste passeio exclusivo, você terá uma experiência única. Primeiramente, embarcamos no tipico barco de madeira, o mesmo usado pelos agricultores. O guia local nos levará através do lago e nos contará inúmeras histórias e lendas da região. Durante o passeio, veremos como os mexilhões são cultivados, aprenderemos mais sobre os detalhes de seu crescimento e, ao final, cozinharemos nossos próprios mexilhões na margem do lago. O mexilhão cru cozido com azeite, limão e salsa servido com um copo de vinho branco da casa é a combinação perfeita!

14h00 – 19h00 Viagem para Tirana

19h00 Chegada em Tirana, check-in no hotel e fim das atividades com o guia

11º dia | Partida de Tirana

Transfer para o aeroporto em horário a combinar.

Fim dos nossos serviços. :)

  • Facebook Social Icon

+381 60 417-8876

viagemnacroacia@gmail.com

© 2020 by Viagem na Croácia.